24/05/2007

ADVERGAMES

O uso de games como propaganda vem desde a época do Super Nintendo, que teve um jogo do McDonalds. E desde a época do Atari, se você contar o jogo ET como sendo um marketing pro filme.

Também tem um jogo da Coca-Cola pra Game Gear, o Yo! Noid pra NES (propaganda da Domino's Pizza), e o TMNT 2: The Arcade Game (que tem propagandas da Pizza Hut).

Para o Mega Drive teve o CoolSpot (7-up), Zool (Chupa-Chups) e até um game do Chester Cheetos(Elma Chips).

Atualmente a industria dos games, online e videogames, abre um mundo de oportunidades para agências e anunciantes. Segundo estudos do Yankee Group e da Forrester Research, 90 a 120 milhões de dólares são investidos em publicidade em jogos anualmente, principalmente nos Estados Unidos. Para 2008, a previsão é de 700 milhões em publicidade em jogos online.

Por enquanto, a única maneira de ver sua marca estampada em um jogo é fechar um contrato durante a produção. Porém isso já está mudando: empresas como a DoubleFusion e Massive Inc., oferecem tecnologia que permite que os desenvolvedores deixem espaços em branco para publicidade durante a criação do jogo, para posterior comercialização.

Trata–se de um avanço gigantesco, pois permitirá que agências e anunciantes tratem os jogos online como tratam as outras mídias, comprando espaços semanais ou mensais.
Além disso, elas poderão optar pelos jogos mais populares e adequados ao público alvo, exibir a campanha exclusivamente para usuários de determinado país e, claro, contar todos os benefícios que só a mídia interativa permite: alterar em tempo real as campanhas e avaliar a receptividade (ou interação) do usuário com sua marca. Por exemplo: em um mesmo jogo uma pessoa dos Estados Unidos pode passar em frente a um Starbucks, enquanto os brasileiros verão um Fran’s Café.
Exemplo de como customizar a propaganda num game online:

Advergames ajudaram a aumentar o site da Coca-Cola.

Em 2004, a Coca-Cola impôs-se um desafio. Toda a venda de ingressos do VibeZone, festival de música promovido pela companhia no Rio de Janeiro, teria que ser feita via internet. Para estimular o acesso ao site do evento, apelou para a criação de jogos personalizados com o mote da festa, os chamados advergames, fusão das palavras inglesas advertise e games, que significam respectivamente propaganda e jogos. “Os internautas jogavam e ao final, deparavam-se com a opção de comprar os ingressos”, explica Frederico Vasconcelos, um dos diretores da Jynx, empresa pernambucana que desenvolveu esses passatempos. As entradas foram esgotadas com três semanas de antecedência e a nova tecnologia caiu nas graças de grandes agências de publicidade, como a DM9, Ogilvy & Mather e Mccann - Erikson.

Pelo advergame, transmite-se uma mensagem e reforça-se uma marca ou produto. Geralmente ele é distribuído de graça aos usuários e traz alto retorno de mídia para a empresa contratante, que desembolsa entre 15 mil e 100 mil reais, a depender da complexidade do jogo (animações e número de fases, por exemplo). A ferramenta ainda tem a propensão de tornar-se marketing viral. “Oferecemos ao jogador a opção de convidar os amigos, o que dá ao advergame alto poder de propagação”, detalha o profissional da Jynx.

Imagens de propagandas inseridas em games:

Em jogos esportivos são comuns a propaganda nas placas em volta, camisas de jogadores, adesivos nos carros e muito mais...

Para saber mais sobre o assunto, vai até rolar uma série de palestras sobre games (montagens, trilha sonora, publicidade, etc...) no Senac:

31 de maioMesa Redonda: ”Publicidade nos Games: uma jogada de mestre”, das 19h30 às 21h30.
Evento:
Universo Games Senac 2007Quando: de 28 de maio a 2 de junho de 2007, segunda a sexta das 14 às 22 horas e sábado das 10 às 16 horas.Onde: Senac Lapa TitoRua Tito, nº 54 - Vila RomanaSão Paulo – SPTelefone: (11) 6888 5500

Um comentário:

Gabriel Jacob disse...

Óima materia sobre advergames, um meio que vem revolucionando a propaganda interativa, e que com certeza trará em breve novas tecnologias para implementação aqui no Brasil.
Lá nos Estados Unidos já esta sendo muito usado por anunciantes que pretendem atingir aqueles que são seus consumidores em potencial.