28/05/2007

A volta do garoto-propaganda


As Agências de publicidade relançaram a modinha de ter uma personalidade como garoto-propaganda, na década de 90 eles foram "instintos", mas agora estão voltando aos poucos, um exemplo básico é o baixinho da Kaiser que voltou mais mulherengo do que nunca, e também o Garoto Bombril Carlos Moreno, que está de volta com as suas homenagens.


O garoto-propaganda acaba levando a marca nas costas, e sendo sinônimo do produto, não tem como olhar para o Carlos Moreno e pensar em Assolan, não é mesmo ?


É, mas esta teoria pode estar comprometida, a Lojas Colombo principal concorrente da Casas Bahia no Sul do país acaba de contratar como garoto propaganda Fabiano Augusto, este nome pode não lhe dizer muita coisa, mas ele tem uma frase conhecida por todos: "Quer pagar quanto ?", sim, ele mesmo ! O mala das Casas Bahia volta à mídia, só que de casa nova.


Na minha opnião, esta estratégia é muito ousada e pouco eficaz, afinal, fazendo isso a Lojas Colombo não vai fazer propaganda dela, e sim da Casas Bahia pois aquele rosto não vai conseguir se desrotular assim tão fácil !


E você, qual a sua opnião ?

3 comentários:

Rafael Amaral disse...

Acredito que através de um bom trabalho de caracterização da personagem e algo que fuja bastante do "quer pagar quanto", o novo garoto propaganda pode ser bastante eficaz.
Simpatizo com o ator, apesar da maioria considerá-lo um mala.
Abraços!

Anônimo disse...

Se for verdade, eu acho que é a maior burrada. Para mim, aquele cara só lembra as Casas Bahia, e sempre lembrará.

Rodrigo Lupatini disse...

Não vejo problemas.
Primeiro que a veiculação, bem provável, vai ser localizada. Ou seja, no sul do país.

E um outro ponto importante, é o que o amigo Rafael Amaral citou.
Se rolar um bom trabalho de caracterização, o problema some.

;)

Abraços e parabéns pelo blog.