12/05/2007

Homem Aranha 3






Oi, meu nome é Olavo e gosto de anãs peludas, prazer em conhece-los.

O filme é lindo, sem dúvida, um dos melhores filmes de super-heróis já feitos, e finalmente, é isso que Peter se tornou, um SUPER-herói. Amado por toda NY, Aranha já é tão famoso (ou até mais) quanto qualquer outra celebridade de Hollywood, e é nisso que o filme gira em torno, enquanto Peter só se dá bem, MJ, que acaba de estreiar na Broadway, vai de mal a pior. Tendo sua estréia como um fiasco, aquela invejinha besta começa a aparecer (Parker se dando muito bem, e MJ rumo ao fracasso).

Assim que cheguei em casa, várias pessoas vieram me perguntar se esse era melhor que os outros dois, e a resposta ? Bom, o filme tem poucos defeitos, e nem isso consegue atrapalhar o ótimo trabalho que Sam Raimi fez nesse, e nos outros filmes do aracnídeo. Ahn sim, a resposta. Sim, esse é o melhor da trilogia. É o melhor, mas não por causa dos 254 milhões de doláres gastos, mas sim por toda a trama do filme.

Um dos defeitos que eu falei há pouco, é a absurda quantidade de "vilões" no filme, e o rumo que eles acabam levando. No total são três; Homem de Areia (Thomas Haden Church), um projeto de Duende Verde (James Franco) e o tão esperado Venom (Topher Grace), que com menos de uma semana de exibição, já deu bastante o que falar.

O meu ponto é, com tantos vilões em apenas duas horas, é impossível se aproveitar de todos eles. Harry (O Duende Verde) foi uma das maiores decepções do filme, porquê ? Porque simplismente não teve tempo necessário para ser um bom personagem, ou seja, os anos de intervalo que demoraram pra ele se desenvolver a ponto de tomar o lugar deixado pelo seu pai, passaram num piscar de olhos, salvando apenas a cena em que ele luta ao lado do Aranha, depois de ter mudado de lado, pois ele como vilão foi fraco de mais.

Agora, uma coias que merece destaque foi o resultado positivo da dinheirama investida no filme, sério mesmo, que coisa linda foi ver o Homem de Areia gigante descendo a porrada no Homem Aranha. Ahn sim, ponto para Sam Raimi de novo, apesar das críticas, achei bem legal a ligação entre Flint Marko (O Homem de Areia, pô) e o Parker. Quando vocês forem ao cinema vocês entenderão.

Venom. Começo a escrever esse parágrafo já com medo do que os fãs xiitas de quadrinhos podem fazer comigo, caso eu escreva algo que desagrade a algum deles, mas vamos lá. Não gostei muito do Venom no filme, além de ser muito pouco aproveitado, o visual dele não me agradou também. Só lembrando que eu não acompanhei os quadrinhos, porém, via diariamente o desenho do Aranha, e esperava muito mais do Venom nas telonas. Seguinte, o que se vê no filme, é um Venom fraco (Comparado com o físico dos quadrinhos/desenhos), que quase não bota a lingua pra fora, e MEU DEUS, ELE QUASE NÃO BABA ! Sério, sempre gostei muito do Venom, e apesar de tudo, foi bem legal ver tudo na telona. Meritos para Topher Grace, que fez um ótimo trabalho como Eddie Brock (E consecutivamente o Venom).

Mas, apesar da quantidade de vilões, o filme não é só uma porradaria desenfreada do Herói contraos malvadões, então tenho que falar do resto do filme (Apesar de ter percebido que poderia ficar horas falando só deles).
Mas, apesar da quantidade, o filme não é só uma porradaria desenfreada (LINK PRA RESENHA DE 300) do Herói contra os vilões, tenho que falar do resto do filme (Apesar de ter percebido que poderia ficar horas falando só deles).

Falando agora de Parker, sem sair no quesito de maldade. Como vocês já devem ter visto nos trailers, posters ou em qualquer outro site recheado com spoilers, Parker aparece com um uniforme preto no filme, e se você ficou completamente perdido, o titio aqui te dá uma luz. No filme, enquanto Parker e MJ namoram pendurados numa teia, vendo a lua cheia (Ó, rimou), um meteorito/meteoro pedaço de qualquer coisa assim caiu do céu, portando Ó MEU DEUS (drama) um simbionte a.k.a. coisa preta grudenta que seguiu Peter até o seu apartamento, o que não é de se espantar, levando em conta que nosso herói vive num chiqueiro. Nada que uma boa diarísta não resolva, certo ? Não, errado. A coisa que seguiu Parker, é na verdade um parásita (Definição mais rasa que eu consegui fazer), que "libera" o lado ruim das pessoas, em troca de poder. É graças a ele que vemos uma das cenas mais engraçadas da trilogia, que é a cena em que Peter vai as compras, engraçada de mais a cena.

Mas a roupa preta não proporciona só cenas engraçadinhas, com ela, Peter começa a se tornar cruel, perdendo os limites de suas força, machucando até MJ. E é dessa roupa que nasce Venom. Depois de ver que está perdendo o controle, Parker vai a igreja para tirar a roupa com o simbionte, e enquanto isso, na parte inferior de igreja, Eddie reza para que Parker morra. Num resumo bem sujo, a roupa acaba caindo sobre Eddie, que se torna o famoso Venom. História diferente da que todos já conheciam, mas mesmo assim é legal.

Isso tudo, e mais um pouco, fez o que eu considero o melhor filme da trilogia, mesmo com um final que não conseguiu agradar nem um pouco. Agora é só esperar sair o DVD e correr para o abraço !


NÃO ! Eu não esqueci de você, amiguinho preguiçoso que não quis ler toda a resenha, e só veio aqui procurando sobre revelações do filme enquanto você não arruma disposição pra levantar essa sua bunda gorda da cadeira e ir ao cinema. Vou escrever os spoilers mais cremosos do filme, mas cuidado, não vem reclamar que agora o filme não vai ter tanta graça, hein:

Dr. Connors não tem um papel significativo no filme, é só um professor.

Peter deu uns pegas de cabeça pra baixo de novo, e não foi com a MJ, foi com Gwen Stacy (Que fez um papel completamente dispensável, muito mal aproveitada, coitada.)

MJ NÃO morre no filme.

Na verdade, só quem morre de verdade é o Harry, ou Duende Verde. O Homem de Areia se arrepende do que fez e some, e o Venom...bom, ele explode, mas sei lá, acho que ele aparece num futuro não tão próximo assim.

Tia May NÃO morre também.

Não, não tem nenhuma cena depois dos créditos.




Agora deixa eu me apresentar pra vocês, eu sou o Renato, o infeliz que escreve aqui. Tenho 18 anos, faço um curso técnico de Química, tento aprender algo relacionado a Design sempre que posso, e tenho um gosto musical estranho. E se você conhece alguma anã peluda sedenta por sexo selvagem, me mande o email. Obrigado.


6 comentários:

Inã disse...

Bem-vindo Renato, ótima resenha, muito bem explicada e crítica, dava pra eu imaginar o filme na minha frente.

Ee acho que eu vou ver se assisto ele mesmo nesse final de semana!

Bruno Delfino. disse...

Muito boa a matéria !

Concordo que Venom não foi bem explorado tbm. Sempre quando aparecia o rosto dele, a face de Eddie é que era mostrada.
Mas ninguém pega o Venom, ele ficou louco nesse filme.

hehehe

Abraço.

Bruno Delfino.
http://by-theway.blogspot.com

Fred disse...

Muito boa matéria e o filme ficou muito foda!!

Renato disse...

Obrigado pelos elogios, vou procurar mantes o nível nos textos!

E sobre o Venom, acho que gostei tanto do filme só por ele ter aparecido. Sempre gostei deles, nos jogos, nos desenhos e tudo mais, tanto que quando Eddie se transformou, meus olhos brilharam!

Mas é óbvio que poderia ter sido (MUITO) melhor, mas talvez eles resolvam isso num futuro 4º filme, né.

Vanessa Celeste disse...

Renato tem umas coisas que foram distorcidas, absurdo essa história do Venon!


O blog é está 100000000!!!!!!!!

Malucom disse...

Essa coisa de tentarem fazer do homem areia um coitadinho no fim do filme foi podre. Ele feriu várias pessoas po. Nó mínimo tinha que ser preso.